Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Defesa Civil

Cadastro de Voluntários

Publicado em 14/08/2014 às 10:30 - Atualizado em 10/07/2020 às 09:08

Com o objetivo de integrar esforços entre esta Defesa Civil e o cidadão voluntário (pessoa física ou jurídica), estamos abrindo este programa denominado "Cidadão em Ação" para que você possa colocar à disposição, sua boa vontade, suas aptidões profissionais, sua empresa e/ou donativos, para minimizar o sofrimento de vítimas dos desastres. Contamos com sua colaboração. Ajudar alguém não têm preço! 

O que é serviço voluntário? 

Serviço voluntário é a participação do cidadão, entidades ou empresas no auxílio a atividades de cunho social, sem receber remuneração pelos serviços prestados.

 Em defesa civil, o voluntário presta essencialmente seus serviços na realização das atividades de prevenção de riscos e de preparação contra ameaças de desastres, principalmente auxiliando sob coordenação durante um evento climático.

 

O serviço voluntário é regido pela Lei Federal 9.608/98, como segue a íntegra da Lei:

LEI DO VOLUNTARIADO, nº9608, de 18/02/98

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA

Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1º - Considera-se serviço voluntário, para fins desta Lei, a atividade não remunerada, prestada por pessoa física a entidade pública de qualquer natureza ou instituição privada de fins não lucrativos, que tenha objetivos cívicos, culturais, educacionais, científicos, recreativos ou de assistência social, inclusive mutualidade. Parágrafo único: O serviço voluntário não gera vínculo empregatício nem obrigação de natureza trabalhista, previdenciária ou afim.

Art. 2º - O serviço voluntário será exercido mediante a celebração de termo de adesão entre a entidade, pública ou privada, e o prestador do serviço voluntário, dele devendo constar o objeto e as condições do seu serviço.

Art. 3º - O prestador do serviço voluntário poderá ser ressarcido pelas despesas que comprovadamente realizar no desempenho das atividades voluntárias. Parágrafo único: As despesas a serem ressarcidas deverão estar expressamente autorizadas pela entidade a que for prestado o serviço voluntário.

Art. 4º - Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.

Art. 5º - Revogam-se as disposições em contrário.

Brasília, 18 de fevereiro de 1998; 117 da Independência e 110 da República. 

FERNANDO HENRIQUE CARDOSO 

 

Como ser voluntário na Defesa Civil?

Para participar do programa Cidadão em Ação, como voluntário, procure a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil , para cadastrar-se ou preencha os dados do formulário. Você firmará posteriormente, um termo de adesão ao serviço voluntário, especificando suas habilidades e disponibilidades para agir em prol do bem-estar social.

Preencha abaixo o Cadastro e Faça a diferença!


Atenção!
Há campos a serem revisados.
Atenção!
Há campos a serem revisados.
Dados Pessoais


Contato
Atuação


Dados Complementares



TERMO DE ADESÃO AO SERVIÇO VOLUNTÁRIO

Declaro que estou ciente e aceito os termos da Lei do Serviço Voluntário, nº 9.608, de 18 de fevereiro de 1998, serviço esse que não gera vínculo empregatício, nem obrigação de natureza trabalhista, previdenciária ou afim


Verificação de segurança.*